Search
Portuguese   English

Second Semester of 2018

News

 

"Camões dá que falar"

com Jorge Moreira da Silva

  • 11 April 2018
  • Author: Administrator
  • Number of views: 235
  • 0 Comments
 
 

O “Camões dá que falar” está de volta com mais um convidado. Depois de Alfonso Lucini, o próximo orador, é Jorge Moreira da Silva. O tema da conversa será "Os desafios da cooperação para o desenvolvimento no contexto da Agenda 2030".

Reserve a data de 18 de abril, às 18h00, e assista ao “Camões dá que falar”. A entrada é livre.

Local: Auditório Camões, Rua Rodrigues Sampaio, 113, Lisboa.

Durante o ano de 2018, o Camões, I.P. irá promover um conjunto de conversas denominadas “Camões dá que falar” com personalidades das mais diversas áreas.

Com um orador convidado por mês, o Camões abre as suas portas à sociedade civil e pretende tornar-se palco de discussões e debates, num registo informal e inclusivo, de modo a estimular a troca de ideias com a participação ativa da audiência. 

NOTA BIOGRÁFICA

Jorge Moreira da Silva nasceu em 1971, é casado e tem 3 filhos.

É, desde novembro de 2016, Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE, em Paris.
É Presidente do think-tank Plataforma para o Crescimento Sustentável, que fundou em 2011.

Foi, entre 2015 e 2016, Deputado à Assembleia da República e Presidente da delegação parlamentar da NATO.
Foi, entre julho de 2013 e outubro de 2015, Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia do XIX e do XX Governo Constitucional.
Foi, entre abril de 2010 e novembro de 2016, Primeiro Vice-Presidente do PSD. 
Foi, entre 2015 e 2017, Professor Catedrático Convidado do ISCSP - Universidade de Lisboa e membro do RISE (painel de alto nível sobre ciência e inovação da Comissão Europeia).
Foi, entre 2009 e 2012, Diretor da área de Economia da Energia e das Alterações Climáticas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em Nova Iorque.

Entre 2006 e 2009, foi: consultor do Presidente da República nas áreas da Ciência, Ambiente e Energia; consultor do Banco Europeu de Investimento (BEI) e da Comissão Europeia na área da biodiversidade e das alterações climáticas.
Entre 2003 e 2005 foi Secretário de Estado da Ciência e Ensino Superior e Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território.

Entre 1999 e 2003, foi Deputado ao Parlamento Europeu, sendo o Relator Permanente para as alterações climáticas. Nessa qualidade, foi relator, negociador e autor da Diretiva que estabeleceu o novo Sistema Europeu de Comércio de Emissões, aprovada em 2003. Presidiu, igualmente, às delegações do Parlamento Europeu às Conferências das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas realizadas em Haia, Bona e Marraquexe e à Cimeira Mundial do Desenvolvimento Sustentável realizada em Joanesburgo, em 2002.

Entre 1995 e 1998, foi presidente da JSD.

É licenciado em Engenharia Eletrotécnica (área de Energia) pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com uma pós-graduação em Alta Direção de Empresas pela AESE/IESE Business School da Universidade de Navarra.

Print
Categories: Notícias
Tags: